Governo Temer acaba de autorizar o emprego das Forças Armadas por uma semana em decreto publicado no Diário Oficial da União nesta tarde de 24 de maio de 2017. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Sérgio Etchegoyen, anunciaram que a pedido do Presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia e por desejo de Michel Temer, foi decretada uma ação de garantia de lei e da ordem que se traduz na ocupação da Esplanada dos Ministérios pela Força Nacional. Vários veículos que faziam a cobertura das manifestações em Brasília já davam notícias de que desde as 15h o Exército cercava prédios anexos aos ministérios.

Neste momento, a Esplanada é uma praça de guerra e chegam pelas redes sociais notícias de pessoas feridas por ação das bombas e balas de borracha.

Esta ação de alta repressão, atrelada ao caos político e institucional instaurado no país desde a ruptura democrática, mas que na última semana encontrou seu ápice com a divulgação de áudio da conversa de Temer conspirando com o empresário Joesley Batista da JBS, pode ser o estopim para uma convulsão social.

Essa autorização para o uso das Forças Armadas em manifestações se constitui em mais um direito perdido para os cidadãos e a para os movimentos sociais que a cada dia se veem sem alternativas de diálogo e de exercer sua liberdade de expressão.

Abaixo algumas imagens do #OcupaBrasília – Fotos Mídia Ninja

Veja também